Você precisa ler “Loki: Onde Mora a Trapaça”

Você precisa ler “Loki: Onde Mora a Trapaça”

16 de julho de 2021 0 Por leticialinhares

A série Loki acabou e como é que a gente fica, né? Basicamente sofrendo de saudade de um dos nossos personagens favoritos. Mas nem tudo precisa ser sofrimento, acabei de ler Loki, onde mora a Trapaça e me sinto na necessidade de recomendá-lo para o mundo. Quer saber porquê? Vem comigo!

Confira: Loki | Tudo que você precisa saber sobre a TVA

Loki: Onde Mora a Trapaça

Loki: Onde Mora a Trapaça @Editora Exelsior.

Com 407 páginas gostosas e rápidas de ler, Loki: Onde Mora a Trapaça da Editora Excelsior, tem chamado à atenção por sua estética visual, mas sem dúvida é bem mais que isso. Enfim, não dá pra negar que sua sobrecapa de papel e a ilustração na capa dura são lindas. E principais responsáveis pela empolgação inicial, porém as surpresas positivas não param por aí.

Com um enredo instigante, Mackenzie Lee nos apresenta um Loki que nunca conhecemos no MCU. A história se passa antes dos acontecimentos do primeiro filme do Thor e tem como objetivo mostrar o lado humano e mais sentimental do Deus da Trapaça. Tudo isso sem perder sua essência de Deus da Mentira e do Caos.

Com uma linguagem acessível e nem por isso desinteressante, o livro é capaz de conversar com variados públicos desde pré-adolescentes a adultos. Desenvolvendo os sentimentos do personagem, suas relações familiares, amorosas, e é claro suas primeiras aventuras e desventuras por conta própria.

Ficou curioso e quer ler Loki: Onde Mora a Trapaça? Clica aqui para comprar o seu!

Durante todo o livro somos convidados a refletir:

Temos sempre uma escolha? E afinal podemos mudar nosso destino?

Mesmo sendo narrado em terceira pessoa, é da perspectiva do Loki que conhecemos a história. Desse modo, seus medos, anseios e inseguranças são expostos de uma forma muito natural e tocante. É possível compreender de onde vem suas inseguranças e sua necessidade de provar para os demais que é mais que só o irmão do Thor.

Apesar de ter crescido cheio de pessoas à sua volta, Loki sempre se sentiu sozinho, incompreendido e de certa maneira insuficiente. E é em meio a esse caos de sentimentos que o Deus da Trapaça conhece Amora, uma jovem feiticeira que se torna sua primeira amiga. Alguém tão incompreendido quanto ele e que o faz sentir importante.

Assim, cheio de reviravoltas e personagens complexos, vemos Loki viver sua primeira aventura solitária em Midgard (Terra), buscando entre muitas coisas aprovação de seu pai e descobrindo muito sobre si nesse processo. Dessa maneira, com um enredo muito bem amarrado nos deliciamos em uma aventura que poderia facilmente ser um filme da Marvel, por suas cenas de ação e presença da famosa insubordinação e sarcasmo do Loki.

Outro destaque vai para a forma natural com que trata de assuntos importantíssimos como a sexualidade do personagem e os preconceitos presentes nas duas sociedades: Asgard e Midgard. No fim, ler Loki: Onde Mora a Trapaça é mais que entretenimento, é aprendizado não só sobre o personagem, mas sobre nós mesmos e nossas inseguranças.

E aí pronto para conhecer um pouco mais desse personagem maravilhoso? Já leu? Se sim, comenta o que achou aqui embaixo!

Leia Mais: Loki I Quem é o Kid Loki da cena pós-credito?