4 Lições que as personagens de Teen Wolf te ensinaram

4 Lições que as personagens de Teen Wolf te ensinaram

31 de março de 2020 0 Por leticialinhares

Teen Wolf acabou tem bastante tempo, mas o amor e as lições que ela deixou seguem com a gente.

Afinal, apesar dos efeitos especiais meio esquisitos e a atmosfera adolescente, não se conectar aos personagens e seus problemas era quase impossível.

Assim, é certo que não podemos nos identificar com a transformação do Scott em lobisomem. Porém podemos compreender sua paixão pela Allison ou seu medo de ser tratado diferente. Dessa maneira, toda narrativa sobrenatural servia para contar de uma forma diferente sobre medos e problemas que nós pessoas reais também temos.

E assim, apesar de amar Scott e Stiles, confesso que para mim as mulheres roubaram a cena. E matéria de hoje vem falar sobre as lições que as personagens femininas de Teen Wolf nos deram.

Leia Mais: Relembre os acontecimentos mais doidos de Teen Wolf

Allison Argent: Lição #1: Você pode ser a mudança que o mundo precisa!

Lições Teen Wolf

Allison (Crystal Reed) em Teen Wolf.

A primeira das lições de Teen Wolf é definitivamente uma das mais inspiradoras. Apesar de ter tido um fim trágico, Allison foi e sempre será uma das personagens mais corajosas da série.

Allison vinha de uma família de caçadores e poderia ter se virado contra o Scott. Isso faria sentido, mas ela preferiu confiar nos seus instintos e dar uma chance a eles. Dessa forma, nossa caçadora preferida foi a mudança que ela queria ver no mundo e mostrou ao seu pai que em parte ele estava errado.

Assim, Allison se apaixonou pelo menino que Scott era e amou também sua parte lobisomem, mesmo sabendo que sua família nunca a apoiaria. Enfim, viu a humanidade no que todos gostavam de chamar de não humano. Não só no Scott, mas em todos seus amigos, sobrenaturais ou não: Isaac, Kira, Lydia e tantos outros.

Lydia Martin: Lição #2: Você é maravilhoso por quem você é!

Lydia Martin (Holland Roden) em Teen Wolf.

Ela começou como a típica garota popular: fútil e superficial, mas aos poucos conhecemos quem ela realmente é. A verdadeira Lydia, uma garota extremamente inteligente e sagaz, que queria tão desesperadamente ser ‘querida’ que fingia ser quem não era.

Leva um tempo, mas através das pessoas certas ela começa a perceber que não precisa ser quem não é, que não precisa que todos a admirem ou a amem. Basta ter as pessoas certas por perto, amigos verdadeiros que te amem como você é.

Amigos que correm para salvar sua vida, mesmo sabendo que podem perder a deles no trajeto. Como Allison naquela noite se sacrificou por todos, mas era pela melhor amiga que ela estava ali.

Assim, Lydia foi obrigada a aceitar esse sacrifício e fez da sua vida o melhor que pode. Enfim, aprendeu que a vida não é infinita e que perderemos muitas pessoas importantes ao longo, porém essa não é uma desculpa para desistir.

Malia Tate Lição #3: Você é mais do que o seu passado!

Malia (Shelley Hennig) em Teen Wolf.

A terceira lição e personagem é Malia Tate, ela não teve uma história de vida fácil, acidentalmente na sua primeira transformação em coiote acabou por assassinar sua mãe adotiva e irmã. Depois disso, o choque foi tão grande que não conseguiu se transformar de volta em humana, ela permaneceu como coiote nos oito anos subsequentes.

Após tudo isso, Malia poderia ter desistido, poderia ter continuado como coiote pelo resto da sua vida, e ela teria se Scott e os outros não a tivessem encontrado. Ao lado deles, ela teve uma nova chance. A transição foi difícil, e vê-la se reconstruir depois disso tudo, reviver das cinzas foi uma das coisas mais sensacionais da série.

Malia é forte, resiliente e extremamente leal. Ela é mais do que aconteceu com ela quando era criança, muito mais, e essa é uma das maiores lições que ela poderia ter nos deixados! Ainda que tenhamos cometidos erros ou sofrido algo sempre podemos recomeçar.

Melissa McCall Lição #4: Um erro não te define!

Melissa McCall (Melissa Ponzio) em Teen Wolf.

A mãe do personagem principal não tem como ser mais do que uma mera figurante na história, certo?

Errado, conforme as temporadas vão passando, mais relevante ela vai se tornando na trama.

Quando via Melissa dando seu jeito no trabalho para proteger/ajudar seu filho e todos os seus amigos. Não consigo não admirá-la, vimos um pouco da sua história através do Scott, a velha história da mulher que se casa com o cara errado, mas não deixa com que isso a defina.

Definitivamente, foi uma mãe maravilhosa, mesmo tendo que trabalhar por longas horas, ama seu filho mais do que tudo e ensinou a ele tudo que é importante. Construiu o personagem que admiramos, como mãe, ela me inspira, como mulher mais ainda. Não abandonou seu filho por ele ser diferente do que ela esperava, pelo contrário abraçou suas diferenças e o amou ainda mais por elas.

E aí faltou alguma personagem que você ama? Ou tem alguma outra série que te trouxe aprendizados parecidos? Compartilha com a gente!

Leia Mais: 5 ensinamentos de vida em Steven Universo

Leia Mais: 5 Mães de Séries que são um pouco nossas mães também!

Escrito por Letícia Linhares

Revisado por Leandro Reis